A dificuldade em perder um ídolo e como lidar com uma perda inesperada

A morte precoce do cantor Maurílio comoveu o Brasil. A perda do cantor sertanejo, que faleceu, aos 28 anos, após sofrer um tromboembolismo pulmonar, mexeu muito com os fãs e até com pessoas que não conheciam o artista. Ver alguém partir de maneira tão inesperada deixa saudade e o processo de luto é difícil, mas necessário para familiares, amigos e admiradores do trabalho do músico. 

De acordo com Francesco Pellegatta, um dos profissionais mais renomados em Programação Neuro-linguística (PNL) e técnicas de estudo comportamental dos últimos anos, existem técnicas para passar por esse período de forma menos traumática. Da mesma forma, é possível utilizar a PNL para lidar com esse primeiro momento de choque e luto:

“A PNL nos ajuda a estar no controle dos nossos pensamentos e, particularmente, das nossas representações internas. Simplificando a linguagem, todos nós criamos uma representação da realidade em que temos imagens, sons e sensações. As características dessas representações são chamadas de ‘submodalidades’. Precisamos prestar atenção nessas ‘submodalidades’ porque em um momento delicado e de processamento do luto podemos ter a tendência a usar representações negativas. Quando isso acontecer, é bom parar por um minuto, pensar em algo positivo e voltar a processar os nossos pensamentos.”

Buscar apoio emocional em conjunto 

Continua depois da publicidade

O italiano, formado em psicologia na Anthem University, explica que é possível aplicar técnicas coletivas para quem esteja sentindo de maneira mais profunda a perda do cantor e que o apoio emocional e mental é fundamental:

“Existem muitas técnicas e abordagens, como a Time Line Therapy® que possui resultados bem rápidos. Mas é muito importante destacar que qualquer técnica escolhida por familiares e amigos próximos seja aplicada por um profissional qualificado. Uma dica, não terapêutica, seria estar perto um dos outros. Para uma família, uma perda desse porte é sem dúvidas devastadora. É importante sempre lembrar que cada um tem um tempo diferente para processar a perda.”

As 5 fases do luto

Francesco explica também que o processo do luto varia de acordo com o indivíduo, ou seja, não tem um prazo para superar uma perda como a do cantor Maurílio. Assim, para passar por todas essas etapas, o master trainer em hipnoterapia acredita na multidisciplinaridade das terapias:

“Existem 5 fases do luto: negação, raiva, negociação, depressão e aceitação. Nos casos mais importantes é necessário o acompanhamento psicológico. A PNL, assim como outras técnicas complementares, podem contribuir muito na absorção deste processo. Terapia psicológica é absolutamente necessária para trabalhar todos os detalhes do luto e, ao mesmo tempo, técnicas como a Programação Neurolinguística podem nos ajudar a superar a dor bem mais rápido.”

Focar em outras coisas

Francesco afirma que é interessante colocar esse amor dos fãs pelo ídolo em outras atividades. Buscar manter a mente ativa e pensando em outros assuntos é importante neste momento:

“Acredito que o cantor ficaria muito feliz e orgulhoso em saber que muitos fãs ficaram mais fortes psicologicamente por causa dele, que de alguma forma ele contribuiu para melhorar a vida de alguém. Então, se você gostava da simplicidade dele, comece a ser mais positivo na vida. Se você gostava da excelência vocal do Maurílio, comece a trabalhar para ter a mesma excelência no seu trabalho. Esses são apenas alguns exemplos. Pessoalmente acho que esse seria o melhor tributo que os fãs poderiam fazer”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos
@portalnationpop

FrexxquinhasNews

Em alta

Shows & Festivais

Frexxxquinhas News