Categorias
Música

Conheça o EP 4, novo trabalho do Grupo Pixote

Grupo Pixote apresenta, em todas as plataformas digitais, o quarto e último EP extraído do DVD “Arena”.

O conteúdo reúne as seguintes faixas: “A culpa é do coração”, “Franqueza/ Tão inocente”, “Sem perceber/ Dilema” e “Você não sabe voltar”. O DVD “Arena é um projeto inovador, gravado no formato “Drive-In”, no Allianz Parque, em São Paulo/SP.

O mais recente trabalho do Pixote tem sido divulgado por etapas, esta estratégia bolada pela GR Shows, escritório dos meninos, tem sido eficiente para aumentar o alcance do grupo no digital. São 10 faixas inéditas e pout-pourris com regravações de sucesso do grupo.

A apresentação do conteúdo começou a ser feita em setembro, “Arena” conta com participações especiais de Marcos & Belutti, Léo Santana e o Grupo Menos é Mais.

Nesta parte, “Sem Perceber / Dilema” ganhou destaque, a faixa reúne duas regravações muito importantes na carreira do grupo.

“São músicas que já cantamos e fazem parte da história de muitos casais, ganharam uma nova roupagem neste projeto.” comemora Dodô, vocalista do Pixote.

A experiência de gravar no formato Drive in foi diferente, eles conseguiram ter o público por perto, mesmo em meio a pandemia, os convidados também estiveram presentes e fizeram uma estrutura incrível, dentro do Allianz Parque.

“Ficamos felizes por sentir a energia do público e ver que todos estavam lá em seus carros, por nós, pela música que fazemos, sem dúvida foi um dia inesquecível em nossas carreiras”, comenta Dodô.

Categorias
Cultura TV

Ismael Ivo é o novo assessor artístico da TV Cultura

A TV Cultura acaba de contratar Ismael Ivo como Assessor Artísitico da emissora. O profissional é reconhecido internacionalmente por sua atuação no universo cultural, em diversas áreas da dança, como coreógrafo, bailarino, diretor e curador.

Com foco nos movimentos sociais das periferias, Ismael irá desenvolver formatos de programas para a TV Cultura, bem como projetos de diversidade para a Fundação Padre Anchieta.

Premiado em vários países, Ismael Ivo, que nasceu na Zona Leste de São Paulo, iniciou sua carreira no Brasil nos anos 70. Conhecido por abraçar múltiplas atividades que têm como fim a arte e a cultura, em 1978, sua carreira internacional foi projetada a partir do encontro com o coreógrafo estadunidense Alvin Ailey, do qual integrou a companhia júnior nos Estados Unidos. Na década seguinte, uma apresentação solo do bailarino resultou numa resenhada no jornal The New York Times.

Ismael morou em Viena, na Áustria, onde fundou o ImPulsTanz, em 1984, junto do produtor e diretor Karl Regensburger. Foi diretor de dança da Bienal de Veneza e o primeiro negro e estrangeiro a dirigir o Teatro Nacional Alemão, em Weimar.

Entre Estados Unidos e Europa, foram mais de 30 anos vivendo e trabalhando fora do Brasil, para onde retornou em 2017. Foi então que assumiu a direção do Balé da Cidade de São Paulo, mais uma vez como o primeiro negro a estar à frente deste cargo. Ismael foi reconhecido como o melhor diretor da história da cia, trazendo dentre outros espetáculos aclamados de critica e público “A Sagração da Primavera” ressucitando com destreza o Balé da Cidade de São Paulo que por tantos anos estava dentre dedicado a apresentações fora de sua própria casa.

Como bailarino e coreógrafo, Ismael não tem limites em suas formas de expressão. Enquanto diretor e curador, é mestre em despertar o interesse do público por suas obras, que costumam ser baseadas em memórias e vivências pessoais.

Categorias
TV

Humorista Luiz Carlos Ribeiro, mais conhecido como Rodela sofreu uma parada cardíaca

É com pesar que o SBT lamenta o falecimento do humorista Luiz Carlos Ribeiro, mais conhecido como Rodela, nesta quarta-feira, 02 de dezembro. Rodela tinha 66 anos e estava internado havia duas semanas no Hospital Geral de Guarulhos. Nesta terça-feira, 01, foi confirmado seu diagnóstico para Covid-19. No início desta noite, foi submetido a hemodiálise e sofreu paradas cardíacas, vindo a falecer.

Rodela foi um artista nato, tendo sua veia humorística evidenciada nas ruas da cidade de São Paulo, onde, com seu talento, agrupava dezenas de pessoas em praças, ruas e calçadas para acompanhar seu show. Na TV, sua primeira aparição foi no programa Show de Variedades, em 1992, fazendo performances de comédia. Participou posteriormente de diversos programas de humor tendo destaque no programa Ratinho Livre, da RecordTV, em 1997. No ano seguinte, com a vinda de Ratinho para o SBT, Rodela integra o elenco do Programa do Ratinho, onde permanece por vários anos, sempre intervindo nos casos, trazendo leveza e diversão às situações mais adversas. Sempre que “telefonava” com seu “celular gigante” para sua irmã no Recife (PE), a plateia e o apresentador iam às gargalhadas. Rodela também participou de A Praça é Nossa, tendo feito diversos quadros e contracenado com vários comediantes do programa. Posteriormente, esteve no programa Show do Tom, também na RecordTV.

O SBT presta solidariedade e deseja que Deus conforte sua família.

Categorias
Amazon Prime Video News Séries

A Turma do Sextou acaba de chegar ao Prime Video

O episódio “Abre a Farmácia” da série “A Turma do Sextou” está concorrendo a uma premiação de Melhor Curta pela Lift Off Global Network que apoia produções independentes. Os vídeos são lançados uma vez por semana na Amazon Prime e no Youtube.

Influenciados por grandes nomes da comédia brasileira, Jean e Lygia criaram o canal em janeiro de 2020, mas atuam no mercado infantil desde 2019. O início se deu com shows feitos em ongs e shoppings, após o sucesso das apresentações, dedicaram o tempo a animação.

Jean e Bia são jovens, curiosos e dedicados à infância e ao circo. A Turma do Sextou tem forte ligação com os grupos circenses tradicionais. Os roteiros também são feitos pelos dois, enquanto Jean faz roteiros com entradas para comédia, Bia cria sobre assuntos gerais e novidades da cultura nerd.

Os episódios têm duração máxima de cinco minutos e na atual fase, a turminha está muito animada por tudo o que vem acontecendo. A chegada no Reino Unido foi uma divisora de águas. Jean conta como tem sido receber o carinho do público:

“Recebemos mensagens em inglês e algumas crianças reclamam conosco, dizem que está na hora de eu me dar mal nas esquetes. Tem sido dias muito importantes para nós, esse carinho aquece nossos corações”.

Os novos episódios da Turma do Sextou serão lançados uma vez por semana, chegando primeiro ao Reino Unido e depois partindo de volta ao Brasil.

Categorias
Música News

Conheça “Televised Mind” de Fontaines D.C.

Fontaines DC compartilhou sua nova música e videoclipe. Uma favorita ao vivo, “Televised Mind” solta, texturas, drones e batidas – uma personificação perfeita do ferido e maltratado – e bonito – próximo LP da banda, A Hero’s Death (31 de julho via Partisan).

O vocalista do Fontaines DC, Grian Chatten, dissee sobre a música: “Essa música é sobre o eco, e como a personalidade é arrancada pela aprovação ao redor. As opiniões das pessoas são reforçadas por um acordo constante, e somos roubados de nossa capacidade de nos sentirmos errados. Nunca aprendemos de fato de poder estar errado. As pessoas fingem essas grandes crenças para parecerem modernas, em vez de chegarem independentemente a seus próprios pensamentos.

Estávamos ouvindo muito The Prodigy e The Brian Jonestown Massacre, especificamente sua música ‘Open Heart Surgery’. Eu estava interessado em extrapolar esses tipos de progressões de acordes e capturar essa sensação hipnótica e caótica. Essa última linha repetida várias vezes ‘What ya call it’ é uma expressão de gente mais velha aqui em Dublin. É como “hmm” ou “bem…” – é o que as pessoas dizem quando estão distraídas.”

A Hero’s Death foi produzido em Londres por Dan Carey (Black Midi, Bat For Lashes). A banda compartilhou anteriormente, “I Don’t Belong” além da faixa-título, que apresenta um videoclipe estrelado por Aidan Gillen (Game of Thrones, The Wire, Peaky Blinders).

Fontaines DC também anunciou recentemente uma série de datas das turnês em 2021 no Reino Unido + UE, incluindo um show no dia 27 de maio no Alexandra Palace de Londres, seu maior show no Reino Unido até o momento. Lista de datas AQUI.

Dogrel estreou no Top 10 nas paradas de álbuns do Reino Unido, com turnês esgotadas do Fontaines D.C. nos EUA e no exterior, uma indicação ao Mercury Prize, melhor álbum do ano para BBC 6Music e Rough Trade, uma performance em Fallon, 8.0 na Pitchfork, perfil no NY Times e muito mais. A NPR elogiou a banda como “dominante, intensa, com letras importantes”, a Rolling Stone os chamou de “nossa nova banda punk favorita”, e Stereogum simplesmente os proclamou “estrelas em formação”.

Categorias
LGBTQ+ Música News

Annenberg Inclusion Initiative e Universal Music fazem parceria em prol da diversidade e inclusão

LOS ANGELES – 30 de junho de 2020 – Artistas negros estão constantemente no topo das paradas musicais, mas negros e pessoas de etnias não brancas não são representados de maneira adequada nos cargos de poder da indústria musical. A desigualdade sistêmica nas posições de liderança se estende em todas as áreas da indústria do entretenimento.

Olhando para a necessidade de equidade em todos os setores, a Annenberg Inclusion Initiative (Annenberg) e o Universal Music Group (UMG) estão ampliando sua parceria para promover uma compreensão mais profunda sobre como proporcionar mudanças reais na indústria da música.

Nos próximos meses, a parceria vai realizar novas pesquisas – examinando as grandes empresas de música, empresas independentes, gravadoras, editoras, plataformas digitais, empresas de rádio e shows ao vivo, assim como as equipes dos artistas, com foco nos empresários, agentes, advogados e publicitários – para determinar até que ponto homens e mulheres não brancos são excluídos das posições de liderança da indústria da música. Com essas informações em mãos, a Annenberg emitirá um relatório, estabelecendo metas e fornecendo recomendações sobre como a indústria da música pode lidar com essas disparidades.

Atualmente, existem lacunas no acesso e nas oportunidades geradas para que essas pessoas, especialmente executivos negros, assumam posições importantes no ramo da música”, disse a Dra. Carmen Lee, membro do corpo docente afiliado à Annenberg Inclusion Initiative e pesquisadora principal do trabalho. “Além de destacar essas discrepâncias, devemos mostrar como a falta de pessoas negras em papéis-chave impede que haja inclusão no mercado da indústria. Estou ansiosa para liderar essa comissão, ladeada pela Annenberg Inclusion Initiative e em parceria com a Universal Music Group, uma empresa com um histórico comprovado de mudança”.

A UMG estabeleceu uma Força-Tarefa para Mudanças Significativas (Task Force for Meaningful Change – TFMC) como uma força motriz para a inclusão e a justiça social. A TFMC trabalha para ampliar e expandir os programas atuais da UMG, elaborar novas iniciativas e apoiar comunidades marginalizadas na luta contínua por igualdade, justiça e inclusão. Seu trabalho está dividido em seis áreas, incluindo: Auxílio/Doações de Caridade; Global; Mudanças Internas/Institucionais; Política Legislativa/Pública; Parceiros; e Programação/Curadoria. A força-tarefa é formada por um grupo de profissionais da UMG, e copresidida por Jeff Harleston (Vice-Presidente Executivo da UMG, General Counsel e Presidente e CEO Interino da Def Jam) e Ethiopia Habtemariam (Presidente & EVP da Motown Records, Capitol Music Group).

Os copresidentes da TFMC, Jeff Harleston e Ethiopia Habtemariam, disseram: “Esperamos ansiosamente pelo nosso trabalho contínuo com a Annenberg Inclusion Initiative, enquanto trabalhamos para promover a diversidade e a inclusão em todos os ângulos do negócio da música. Estamos comprometidos não apenas em melhorar o desempenho da UMG, mas também em promover mudanças reais e sustentáveis ​​em todo o ecossistema musical. Sabemos que a música pode fazer melhor e acreditamos que, com base nas pesquisas e dados, a mudança pode ser mais significativa e construtiva”.

Ampliação da Parceria UMG e USC 

O projeto representa uma segunda fase da parceria entre a Universal Music Group e a Annenberg Inclusion Initiative. Em 2017, os dois grupos anunciaram uma parceria para apoiar a inclusão na música, na qual ambos exploraram questões relacionadas à participação de mulheres e mulheres negras, especificamente nos negócios. Jody Gerson, Presidente e CEO da Universal Music Publishing Group, foi nomeada para o Conselho Consultivo da Iniciativa (Initiative’s Advisory Board).

Além da pesquisa, as duas organizações trabalharam juntas nos últimos dois anos para apoiar os esforços da She Is The Music, uma organização sem fins lucrativos fundada por Alicia Keys, Gerson, Ann Mincieli e Samantha Kirby Yoh, para aumentar o número de mulheres que trabalham com música em uma variedade de cargos. Em janeiro de 2020, a fundadora da Inclusion Initiative Founder, Dra. Stacy L. Smith, foi nomeada para o Conselho de Liderança fundador da organização.

Tanto a Initiative quanto a UMG têm um legado de engajamento transformador e impactante no negócio da música. A combinação de forças para enfrentar questões urgentes relacionadas à justiça racial e à equidade na indústria fonográfica servirá para acelerar as mudanças e abrir caminho para vozes talentosas, tanto nas fileiras artísticas quanto organizacionais.  

Categorias
Entrevistas NPcast

2: Entrevista: Clau fala sobre nova música, inspirações, trajetória de vida e muito mais

A algumas semanas nossa editora de conteúdo, Vitória, bateu um papo descontraído com a cantora @clauoficial pra falar de sua última musica “Primeira Vez”, carreira, inspirações e trajetória de vida da cantora. O bate-papo você confere agora!


Send in a voice message: https://anchor.fm/portalnationpop/message

Categorias
Livros Partiu Viajar

Produtora de viagens lança clube de leitura online “Volta ao Mundo Literária”

CURITIBA, 04/06/2020 – Nos últimos meses, o mundo parou, as viagens tiveram que ser canceladas, as pessoas se distanciaram, as relações de trabalho foram alteradas e as nossas vidas passaram a ter a dimensão de nossas casas. Mas que tal aproveitar o tempo de isolamento voluntário ou obrigatório para soltar a imaginação e fazer uma viagem pelo mundo sem sair do lugar, tendo como ponto de partida a literatura? Essa é a ideia do clube de leitura online “Volta ao Mundo Literária”, idealizado pela produtora de viagens NomadRoots – Viagem e Conhecimento, que terá início na próxima segunda-feira, dia 08 de junho.

 

“Somos um Clube de Leitura inspirado em viagens. A cada livro aberto, abrimos também o nosso mundo. Entramos nos trechos mais estreitos da imaginação para visitar lugares emocionantes. Nesse trajeto de infinitas passagens, contaremos com mediadores experientes que nos ajudam a aumentar a bagagem, sem perder a leveza dos encontros. Há muitos países por visitar – dentro e fora da gente. Todos eles se alinham em páginas que leremos juntos neste clube onde toda história é um destino”, comenta Paola Gulin, fundadora do clube de leitura “Volta Ao Mundo Literária”.

 

Os inscritos no “Volta ao Mundo Literária”, de qualquer canto do mundo, terão encontros virtuais ao vivo, realizados por meio da plataforma Zoom, de 15 em 15 dias, fazendo uma incrível viagem através da literatura. O clube literário, que será mediado pelo professor e escritor Francisco Escorsim, especialista em educação da imaginação e formação do imaginário, trará informações sobre o país, sua cultura, história, período histórico em que o livro se passa e muitas outras curiosidades, além de discutir conteúdos sobre o autor e estilo literário. Além disso, os encontros contarão com convidados especiais, que deixarão a experiência ainda mais enriquecedora.

 

Os participantes terão acesso, também, a vários conteúdos exclusivos para aprofundar os estudos em cada obra e país, entre eles dicas de filmes, séries, outras opções de livros, reportagens, documentários e playlists musicais. “Para cada encontro, o grupo vai combinar previamente qual é o trecho do livro que deve ser lido. Compartilharemos nossas impressões, comentários e dúvidas sobre o que lemos e o Francisco Escorsim, nosso mediador de leitura, orientará nossa conversa e para enriquecer ainda mais esse momento. Em geral, temos entre 2 e 4 encontros por livro/destino, dependendo da complexidade do livro”, explica Paola Gulin.

 

Para começar, na próxima segunda-feira, dia 08 de junho, o clube de leitura vai iniciar a viagem pela Inglaterra, com o livro Orgulho e Preconceito, de Jane Austen. Na sequência, serão trabalhadas as obras: O Nome da Rosa, de Umberto Eco (Itália), a partir de 20 de julho; Kyoto, de Yasunari Kawabata (Japão), a partir de 30 de agosto; e Crime e Castigo, de Fiódor Dostoiévski (Rússia), a partir de 28 de setembro. Os encontros e livros não acabam por aí! A viagem sempre continua. O projeto terá muitas outras obras discutidas, que serão escolhidas por votação do grupo. Cada encontro terá em média 2h de duração.

 

“As obras discutidas no clube de leitura são criteriosamente escolhidas para trazer mais sobre a cultura do país, além de serem escritas por escritores renomados, de muito destaque em seus países. Tudo isso para que o nosso público tenha uma verdadeira experiência de vida e repleta de conhecimentos, que trarão uma nova visão de mundo, além de promover momentos de relaxamento em um momento em que a tensão toma conta do planeta”, completa Paola Gulin.

 

As assinaturas do clube de leitura “Volta ao Mundo Literária” custam R$ 59 por mês e podem ser feitas pelo site www.voltaaomundoliteraria.com.br. As atividades, que têm vagas limitadas, serão realizadas sempre em segundas-feiras, no período da noite (19h). Mais informações no site www.voltaaomundoliteraria.com.br ou no perfil oficial do projeto no Instagram (@voltaaomundoliteraria).

Categorias
Astrologia Signos

De acordo com seu signo, qual a primeira impressão você causa nos outros? Descubra!

Essa primeira impressão pode variar bastante dependendo de quem você está conhecendo, do ambiente, do seu humor no dia…, mas será que os astros também podem influenciar a forma que os outros te enxergam? Sim! Os especialistas do Astrocentro revelaram qual é a primeira impressão que causamos nos outros de acordo com o signo. Ficou curioso? Confira!

Signo de Áries

A primeira coisa que notamos em uma ariana é sua energia e vivacidade! É bem fácil perceber sua disposição para lidar com o que vier, além de sentir a confiança que você emite: você sabe o que quer e é rápida para tomar decisões.

Por outro lado, você, nativa de Áries, também pode ser intimidadora e parecer agressiva e explosiva, mesmo sem querer, principalmente se alguém disser a você o que fazer. Ninguém manda em uma ariana!

Signo de Touro

Em um primeiro encontro, as taurinas costumam ser discretas e reservadas, então as pessoas podem acreditar que elas são sempre assim. Ser mais retraída também pode dar a você, taurina, uma aura mais misteriosa e até mesmo deixar os outros nervosos, já que não conseguem perceber muito da sua personalidade.

Apesar desse ar de timidez, as nativas de Touro são bem confiáveis e prestativas, e essa característica também é percebida pelos outros.

++ Iza e Maejor lançam projeto em parceria com a ONU e promovem novo single

Signo de Gêmeos

Você adora uma conversa, não é, geminiana? A primeira coisa que as pessoas notam é que você é super extrovertida, falante e engraçada.

Nativas de Gêmeos são inteligentes e conseguem falar sobre qualquer assunto com qualquer pessoa. Você também tem o dom de se adaptar a qualquer pessoa ou situação, o que pode ser positivo, mas também costuma mudar bastante o que sente; por isso, as pessoas podem achar que você é imprevisível e pouco confiável.

Signo de Câncer

Cancerianas são super alegres e protetoras, mas também podem manter uma fachada fria e distante: essa é a contradição desse signo. A “mãe” do Zodíaco, você é super atenciosa e cuidadosa com os outros, mas às vezes pode ser até um pouco intrometida nessa busca em saber que está tudo bem.

Sendo um dos signos mais sensíveis, você sofre um pouco para controlar seus sentimentos; num primeiro encontro, as pessoas podem achar que você não sabe se controlar tão bem.

Assim como a Lua, regente deste signo de Água, a nativa de Câncer tem várias fases e as primeiras impressões vão depender de qual fase ela está.

Leão

Nativas de Leão adoram ser o centro das atenções: são divertidas e extravagantes. Por ser forte, determinada e ter uma opinião sobre tudo, as pessoas podem achar, em um primeiro momento, que você é um pouco superficial, metida e egoísta, mas sabemos que não é verdade!

Apesar de ser super divertida, você também tem uma tendência a ser um pouco pavio curto, o que pode dar a ideia de que você não se importa muito com os sentimentos dos outros.

Virgem

Tímidas e reservadas a princípio, virginianas são na verdade bem amigáveis e sociáveis. Você é super inteligente e quer conhecer a tudo e a todos muito bem. Por isso, as pessoas podem ser sentir intimidades por você e pela sua inteligência.

Você também passa uma imagem de autocontrole e charme. Por outro lado, a nativa do signo de Virgem também é bem controladora e quando algo não dá certo, fica irritada facilmente.

Libra

Librianas são sociáveis, educadas e têm um papo muito bom, mesmo com quem não conhecem muito bem. Você, nativa de Libra, é muito charmosa e sabe se vestir bem, mas sua aparência é só o começo: inteligência, diversão e simpatia são outras qualidades que os outros conseguem notar em você.

Por outro lado, sua indecisão também é bem evidente, então as pessoas podem evitar deixar escolhas nas suas mãos.

Escorpião

Existe um adjetivo que descreve a nativa de Escorpião perfeitamente: intrigante. Em um primeiro momento, você aparenta ser séria e enigmática, e todos ficam curiosos para desvendar seus segredos. Ao mesmo tempo em que é misteriosa, você também é divertida e possui uma boa energia.

Escorpianas também são confiantes e determinadas; por outro lado, outras pessoas podem enxergar um lado delas que é cruel, crítico e honesto demais, sem um pingo de tato.

++ 1° Festival de Teatro Online em Tempo Real do Rio de Janeiro está com as inscrições abertas para artistas de todo o país

Sagitário

Adepta ao deboísmo, a sagitariana está sempre alegre e de bem com a vida. Divertida, você mantém sua mente e seu coração abertos a todas as possibilidades.

Existe um lado da nativa de Sagitário que não é tão extrovertido assim, o que pode fazer com as pessoas pensem que você é distante e indiferente, pelo menos no começo. Você também é curiosa e se interessa pelos outros, fazendo com que seja uma ótima ouvinte!

Capricórnio

As nativas de Capricórnio costumam ser bem sérias, principalmente em primeiros encontros. Podem ser vistas como insensível e antipática; se você for do primeiro decanato, então, nem se fala!

Essas características fazem com que as pessoas achem que você seja inacessível. Por outro lado, capricornianas podem ser divertidas e têm um senso de humor bem peculiar, que pode ser considerado bruto e sarcástico na maioria das vezes, o que faz com que as pessoas não te entendam bem. As primeiras impressões costumam mudar, já que esse signo costuma relaxar e perder um pouco de sua seriedade e rigidez ao passar do tempo.

Aquário

É fácil perceber que as aquarianas gostam de se divertir! Nativas desse signo de ar são espíritos livres e têm seu próprio ritmo. Apesar dessa diversão toda, você costuma ficar mais na sua no começo e esconder com bastante cuidado suas emoções, então os outros não conseguem identificar muito bem com quem estão conversando.

Além disso, este signo também tem a tendência de parecer um pouco arrogante e aparentar um ar de superioridade. A verdade é que aquarianas são uma caixinha de surpresas: quando estão mais à vontade, são bem espontâneas e charmosas.

Peixes

Um dos mais emotivos do Zodíaco, o signo de Peixes é sensível e empático, mas não deixa que outras pessoas entrem em sua vida tão fácil assim. O que fica bem evidente é que você, pisciana, não defende suas opiniões tanto quanto outros signos, mas nunca esconde esconde suas emoções. Por essa razão, as pessoas acham que você é sensível e frágil demais para estar solta por aí, no mundo real.

Categorias
Astrologia Entretenimento Signos

Como a astrologia pode ajudar na decoração de sua casa? Entenda;

Pensando nisso, os especialistas do Astrocentro reuniram algumas dicas para quem deseja decorar sua casa de acordo com o seu signo.

A astrologia na decoração

De acordo com alguns pesquisadores, todas as energias presentes no universo podem influenciar os serem vivos na Terra. Suas ondas também agiriam sobre os espaços em que vivem. Por isto mesmo é fundamental encontrar um equilíbrio de tudo. Dentro de casa, ambientes bem harmonizados não só vão agradar os gostos e as preferências das pessoas como vão lhes proporcionar mais saúde e bem estar.

A astrologia pode muito bem ajudar neste sentido, mostrando como as pessoas podem agir por impulso e escolher os objetos errados. E também o que elas precisam para se sentirem bem de acordo com o que pede o seu signo.

Ou seja, de acordo com a faixa de constelação ao qual elas pertencem dentro do zodíaco e que é regida por uma série de elementos que também são estudados pela decoração de interiores.

De acordo com a ascendência, a descendência e outras combinações astrológicas, seus clientes podem tomar decisões diferentes e ter reações diferentes ao projeto. Eles podem sentir mais simpatia a certas cores e objetos. Podem desejar uma personalização especial dos espaços. E tudo isto fazer diferença no momento da escolha dos revestimentos, móveis e objetos decorativos para as suas residências.

++ Você sabe qual é o signo mais “paz & amor”?

Como a astrologia pode deixar sua decoração incrível?

De um modo geral, símbolos ligados à astrologia, sempre podem estar presente nos projetos de decoração de interiores. Pra começar, a lua, as estrelas e os planetas têm inspirado a criação de várias peças de design – como luminárias, papéis de parede, adesivos, colchas, quadrinhos, almofadas e mais. Estes objetos ficam lindos em todo o tipo de ambiente – em especial, àqueles destinados às crianças.

Os elementos que regem cada signo podem ser representados nas decorações de interiores através de todos os detalhes que as compõem. E eles devem ser definidos de acordo com as características individuais ou de quem habita cada ponto do imóvel – sempre em harmonia com os astros, claro. São características observadas nestes objetos, sobretudo: linhas, materialidade e cores.

Os quatro elementos

Vale lembrar que os signos do Zodíaco são regidos por quatro elementos. O fogo guia Áries, Leão e sagitário. A terra, Touro, Virgem e Capricórnio. O ar, Gêmeos, Libra e Aquário. E a água, Câncer, Escorpião e Peixes. E para cada um destes grupos haveria um modelo de decoração mais indicado – que os estimulariam a melhores sentimentos e os inspirariam as melhores ideias.

Para pessoas do grupo fogo combinam os espaços mais amplos e com decoração ousada, repleta de natureza viva e ornamentos exuberantes. Para o grupo terra, espaços limpos e organizados, com decoração simples e discreta, de visual relaxante. O grupo ar, espaços modernos, confortáveis e alegres, com soluções inovadoras e criativas. E o grupo água, espaços bem claros, repletos de símbolos afetuosos.

++ Você precisa ouvir “Sei Que Cê Quer”, da cantora Lua

As cores e os signo

Quanto às soluções decorativas, para um resultado ainda mais satisfatório, o designer pode também analisar as cores que combinam com todos os signos. Isto o ajudará a entender como expressar melhor, em projeto, a personalidade dos seus clientes. A lista a seguir mostra qual a cor ou as cores que a astrologia sugere para cada faixa de constelação:

  • Áries: cores intensas – como o vermelho ou rosa escuro;
  • Touro:tons suaves – como azul e terrosos claros;
  • Gêmeos: tons alegres -como amarelo sol brilhante;
  • Câncer:cores sóbrias – como azul e cinza;
  • Leão: cores que atraiam o olhar – como rosa, roxo e dourado;
  • Virgem: cartela limitada de tons neutros – como branco, creme e champagne;
  • Libra:tons discretos e que remetem à natureza – como o verde;
  • Escorpião: tons ligados à paixão – como o vermelho intenso;
  • Sagitário:combinações ousadas de cores – como preto e azul escuro;
  • Capricórnio: cores frias – como preto, branco e azul;
  • Aquário:combinações coloridas de tons alegres e vibrantes – como laranja;
  • Peixes:combinações menos vibrantes de cores – como o verde e o azul claro.