Composição de Brenda Mota, “Lanternas”, ganha voz do cantor Matheus Audan

Trazendo um compilado de diferentes sentimentos vividos durante a vida, “Lanternas” é a primeira música da jovem compositora curitibana de 14 anos compositora Brenda Mota a sair do papel. Ganhando voz do cantor Matheus Audan, o novo som já está diponível em todas as plataformas digitais e é um lançamento do selo musical Marã Música

Acumulando mais de 30 composições autorais, esta é a primeira letra de Brenda a ganhar forma, arranjos, voz e espaço nas plataformas de áudio. Mesmo com sua pouca idade, Brenda Mota escreve sobre o amor, sobre as relações entre as pessoas, a humanidade e os modos de ser, de uma forma madura e sensível ao mesmo tempo.

“Está sendo muito empolgante ver minha primeira composição virar música. É uma experiência nova para mim e por mais que seja boa, é um pouco assustadora também. Pensar na maneira em que todos vão reagir, principalmente no colégio, me deixa um pouco ansiosa, mas eu sei que vai dar tudo certo”, conta a compositora. 

A faixa, que mescla o pop leve com mpb, traz a voz e interpretação do cantor e compositor Matheus Audan, que recebeu o convite por meio de Brenda e do selo Marã Música. Essa é a primeira vez que ele canta a composição de outra pessoa. “Foi uma experiência incrível para um artista como eu, que geralmente dou voz às minhas composições. Poder dar voz à composição da Brenda foi um grande aprendizado”, conta Matheus.

Continua depois da publicidade

“Lanternas” fala sobre como nos sentimos durante cada período/momento da vida. “Tem uma parte que diz assim: ‘O sangue, a flor, o sorriso e a dor. Esses tons de vermelho que nos unem”, e cada palavra tem um significado. O sangue: todo o momento de perda; a flor: oportunidades e conquistas; o sorriso: cada momento em que estávamos juntos durante aquele ano; a dor: toda dor em geral. ‘Esses tons de vermelho que nos unem’: independente do momento, estávamos juntos, e isso foi realmente muito importante para mim. A minha intenção é que todos consigam sentir algo com essa música, seja lembrando de alguém ou de algum momento”, explica Brenda.

O novo som é um trabalho muito especial para Brenda. “Não tem como medir o que eu sinto por ‘Lanternas’”, afirma. No início, a faixa causou à ela um pouco de raiva, porque era para ser uma música e deu errado, resultando em um poema, mas logo ela conseguiu transformar de vez em mais uma de suas composições. 

Sobre o processo de composição, ela afirma ter sido um pouco complicado. “No início, a minha intenção era escrever uma letra em que eu iria saber o significado depois, mas não foi assim. Como foi no ano passado, pensei em fazer uma música para a formatura do nono ano e aproveitei a letra que já estava escrevendo. Queria colocar a personalidade de todos ali, mas a composição iria ficar gigantesca. Resumi os nossos sentimentos daquele momento inesquecível. Foi uma construção, comecei no dia 12 de julho e terminei no dia 29 de novembro”.

Quanto ao que espera do lançamento, ela conta: “Minha expectativa já explodiu de tanta felicidade. ‘Lanternas’ era para ser uma composição que tinha tudo para dar errado. E no início deu, porém não desisti e transformei ela em um poema. Nunca imaginaria que um dia iria ser lançada. Desejei muito por isso… E finalmente está acontecendo. Sou muito grata por Deus ter me dado esta oportunidade”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos
@portalnationpop

FrexxquinhasNews

Em alta

Shows & Festivais

Frexxxquinhas News