fbpx
Siga o Nation POP no Instagram e concorra a prêmios
Conheça “Televised Mind” de Fontaines D.C. Música

Conheça “Televised Mind” de Fontaines D.C.

Fontaines DC compartilhou sua nova música e videoclipe. Uma favorita ao vivo, “Televised Mind” solta, texturas, drones e batidas – uma personificação perfeita do ferido e maltratado – e bonito – próximo LP da banda, A Hero’s Death (31 de julho via Partisan).

O vocalista do Fontaines DC, Grian Chatten, dissee sobre a música: “Essa música é sobre o eco, e como a personalidade é arrancada pela aprovação ao redor. As opiniões das pessoas são reforçadas por um acordo constante, e somos roubados de nossa capacidade de nos sentirmos errados. Nunca aprendemos de fato de poder estar errado. As pessoas fingem essas grandes crenças para parecerem modernas, em vez de chegarem independentemente a seus próprios pensamentos.

Estávamos ouvindo muito The Prodigy e The Brian Jonestown Massacre, especificamente sua música ‘Open Heart Surgery’. Eu estava interessado em extrapolar esses tipos de progressões de acordes e capturar essa sensação hipnótica e caótica. Essa última linha repetida várias vezes ‘What ya call it’ é uma expressão de gente mais velha aqui em Dublin. É como “hmm” ou “bem…” – é o que as pessoas dizem quando estão distraídas.”

A Hero’s Death foi produzido em Londres por Dan Carey (Black Midi, Bat For Lashes). A banda compartilhou anteriormente, “I Don’t Belong” além da faixa-título, que apresenta um videoclipe estrelado por Aidan Gillen (Game of Thrones, The Wire, Peaky Blinders).

Fontaines DC também anunciou recentemente uma série de datas das turnês em 2021 no Reino Unido + UE, incluindo um show no dia 27 de maio no Alexandra Palace de Londres, seu maior show no Reino Unido até o momento. Lista de datas AQUI.

Dogrel estreou no Top 10 nas paradas de álbuns do Reino Unido, com turnês esgotadas do Fontaines D.C. nos EUA e no exterior, uma indicação ao Mercury Prize, melhor álbum do ano para BBC 6Music e Rough Trade, uma performance em Fallon, 8.0 na Pitchfork, perfil no NY Times e muito mais. A NPR elogiou a banda como “dominante, intensa, com letras importantes”, a Rolling Stone os chamou de “nossa nova banda punk favorita”, e Stereogum simplesmente os proclamou “estrelas em formação”.