DOG – A Aventura de Uma Vida, é uma trama gostosa pra cachorro

O primeiro impacto com “Dog – A Aventura de Uma Vida,” é a trama ter uma proposta bem diferente mostrada em filmes com cachorro, talvez até inédita, a temática, levanta uma pauta importante que vai te fazer ver com outros olhos.

“DOG – A Aventura de Uma Vida”, é realmente uma surpresa em vários momentos iniciais, parece clichê, mas te engana pelo simples fato de ir para vários caminhos e até histórias que se cruzam o caminho da dog Lulu e do ex-soldado Jackson Briggs (Channing Tatum). Ele recebe a missão de levar a Lulu, uma pastor-belga, também do exército, ao melhor amigo humano do cão, o treinador de cachorros, Riley.

Inicialmente este é o primeiro ato, você já tem uma ideia vaga sobre essa aventura que vai te arrancar risadas e lágrimas, mas no contexto é uma grande surpresa, o trailer, vai te enganar também, é mais simples, o elenco coajuvante são cheio de surpresas e até inesperado, com grandes lições de vida a se ensinar a nós meros humanos. E até de como lidar com um cachorro que você não se dá bem.

A proposta de quebrar pré-conceito de que a vida de um cachorro ex-militar é agressivo, treinado não merece uma segunda chance de ter uma vida normal de cão, com uma família, é totalmente descartada. Lulu vai provar para o espectador que existe essa segunda chance, exige amor, carinho, respeito para se chegar nos objetivos.

Continua depois da publicidade

O mesmo vale para o Jackson Briggs, que aliás, interpretado pelo Channing Tatum, um ex-militar, apesar de já ter sido algo parecido em outros papeis de outros filmes, mas o futuro espectador vai ver algo diferente, mais natural, leveza e até realista, ao invés daquele pano de fundo romantista.

Uma trama tocante, divertida, o cinema estava precisando de filmes como este, a estreia de Tatum na direção, junto com Reid Carolin que também cuidou deste roteiro cheio de surpresas na proposta, a Diamound Filmes, acertou em cheio para se trazer este filme no momento certo do pós-pandemia. Um cachorro na pandemia foi seu parceiro de todos os dias em isolamento.

A caixa de lencinhos para as lágrimas que vão rolar vão acontecer, mas não se preocupe, está não é uma história com aquele desfecho “Marley & Eu”, podem ficar tranquilos, só não podemos dar detalhes, então convidamos todos vocês que estão aqui lendo este texto, que vá ao cinema mais próximo. É um filme que merece ser visto mais de uma vez. Um estilo sessão da tarde necessário.

Gui
Guihttp://condenadosporlivros.blogspot.com
Oii, pode me chamar de Gui Jedi, sou nerd, respiro livros, cinema, cultura pop, música um pouco de tudo, principalmente no gêneros e subgêneros do rock. No Nation POP era crítico de filmes e as vezes falava sobre outros temas também. Você pode me acompanhar pelos icones abaixos (redes sociais)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos
@portalnationpop

FrexxquinhasNews

Em alta

Shows & Festivais

Frexxxquinhas News