Entrevista com Erick Roza: tudo sobre o novo trabalho e próximos passos para 2022

O cantor e compositor Erick Roza, que desponta como um dos grandes nomes do pop nacional, lançou recentemente o EP “MPB Espírita” pelo selo Best Play. O trabalho chega com participação especial do seu pai Marcelo Souza na faixa “Senhor, senhor!”. Marcelo ganhou notoriedade nacional por ser um dos integrantes do Polegar, uma das “boy bands” brasileiras de maior sucesso nos anos 80 e 90. 

Como o próprio nome diz, o EP “MPB Espírita” traz ensinamentos e inspirações que vem do espiritismo, doutrina que Erick não apenas pratica, mas também se dedica em inspirar outros jovens através de seu canal no youtube, intitulado “Jovem Espírita”.

Para saber tudo sobre o novo trabalho e próximos passos para 2022, conversamos com o Erick e o Marcelo, que nos contaram como foi gravar a faixa juntos e dividir esse momento e falaram sobre a importância da mensagem da música “Senhor, senhor!”. Confira: 

Você traz 3 faixas, duas inéditas e “Duas Metades” que foi escolhida como single que antecedeu o EP! E a faixa “Senhor, senhor!” é um feat com seu pai. Conta um pouco sobre o processo de composição dessa faixa e por que ela foi a escolhida para dividir com o seu pai?

Erick: Sobre a composição dessa música quis colocar para fora algo que eu penso e refletia sobre: tem gente que fala muito e não pratica. Era justamente essa hipocrisia que queria mostrar nessa faixa. Fazer isso com os ensinamentos e palavras de Jesus, que são totalmente contrários, para ganho próprio é bem absurdo. Escolhi essa faixa para dividir com meu pai, tanto pela música em si, por eu gostar dela e querer que meu pai gravasse comigo, quanto pela forma que ela foi composta. Queria que ele cantasse junto comigo. Ele também tem esse lado religioso forte e acho que casou super bem.

“MPB Espírita” foi seu último lançamento de 2021 depois de vários trabalhos já lançados. Como você avalia esse ano que se passou e tudo o que você conquistou nele?

Erick: Olha, o ano de 2021 para mim foi mega positivo. No digital eu cresci bastante e consegui fazer um trabalho bem bacana. Foi bem cansativo também. No segundo semestre lancei alguns singles, música com o Jorge Vercillo, EP… Agora eu quero dar uma descansadinha por alguns meses para depois voltar a lançar. Mas em geral, o resultado foi super positivo. Acho que para qualquer músico, ver o catálogo dele crescendo é muito satisfatório. Ter lançado a primeira música e agora ver que já tenho mais de 20 no spotify é muito bacana.

Erick, o que podemos esperar de você em 2022?

Continua depois da publicidade

Erick: Em 2022 os primeiros meses vou dar uma descansada. Cada lançamento acaba sendo desgastante, mas já estou começando a planejar os próximos e com muitas ideias na cabeça… Mas farei o que sei fazer como músico: continuar lançando músicas (risos)

Marcelo, o quão importante você considera a mensagem que a faixa “Senhor, senhor!” carrega?

Marcelo: A letra é bem clara! Ela fala muitas vezes da hipocrisia do homem, sobre aquela pessoa que frequenta a Igreja, o tempo todo está falando de Deus, fala que segue Jesus, mas não coloca nada em prática. Quando a vida expõe para ela uma situação com o objetivo de mostrar o quanto a Bíblia é importante, ela não coloca em prática. Para mim, essa é a importância da letra.

Como foi para você, estar novamente gravando uma música e um videoclipe depois de um bom tempo?

Marcelo: Para mim é muito emocionante gravar uma música depois de tanto tempo, principalmente gravar com meu filho. E não só isso, a mensagem que a faixa traz para mim também tem uma importância muito grande. Entrar em um estúdio, gravar clipe e cantar uma música que tem tudo a ver… Eu tenho muita satisfação não só de cantar, mas como também de transmitir toda a mensagem.

Como é ver o Erick seguindo seus passos com a música? 

Marcelo: Meu filho Erick é o único que realmente seguiu meus passos em praticamente 100%. Ele é músico, agora é advogado e está fazendo tudo com muita competência. Está produzindo, cantando, compondo, é instrumentista… É muito parecido com o que fiz na minha juventude… E agora é advogado também, assim como eu. Ver o meu filho fazendo tudo da mesma forma que fiz é muito gratificante. Isso significa que fui e sou uma figura muito representativa na vida dele e ele mostra isso pra mim.

Gabriel Nascimento - @gabenaste
Gabriel Nascimento - @gabenastehttps://gngrowth.com.br
Growth Hacker apaixonado por música, creator desde 2012, polímata que transita nas áreas de Comunicação, Marketing, Música e Developer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga-nos
@portalnationpop

FrexxquinhasNews

Em alta

Shows & Festivais

Frexxxquinhas News