in

Julia Holter Anuncia o novo álbum Something in the Room She Moves

Julia Holter Anuncia o novo álbum Something in the Room She Moves 1

A cantora e compositora de Los Angeles Julia Holter anuncia seu sexto álbum de estúdio, Something in the Room She Moves, que será lançado dia 22 de março pela Domino. O trabalho anterior de Holter sempre explorou a memória e o futuro onírico, mas seu último álbum reside mais na presença: “Há um foco corpóreo, inspirado na complexidade e na capacidade de transformação de nossos corpos”, diz ela. Suas escolhas de produção e arranjos formam um continuum de timbres de baixo elétrico inquieto em contraponto com melodias vocais deslizantes, enquanto as linhas do Yamaha CS-60 entrelaçam ventos e palhetas quentes. “Eu estava tentando criar um mundo que soasse fluido, semelhante à água, evocando o mundo sonoro interno do corpo”, diz Holter sobre seu universo harmônico fluido.

Holter compartilhou seu novo single, “Spinning”, juntamente com o anúncio do álbum. “Spinning” é a peça central de encantamento do álbum; “O que é delicioso e o que é onisciente?”, ela canta, “Qual é a magia circular que estou visitando?” Holter diz: “É sobre estar no estado apaixonado de fazer algo: estar naquele momento, e o que é esse momento?”

“Spinning” é apresentada em um vídeo dirigido pelo Giraffe Studios.

“Spinning” segue o single lançado anteriormente “Sun Girl,” aclamado como “um borrão de êxtase, uma divagação neo psicodélica sinuosa” (New York Times), “uma peça rodopiante de psicodelia que mancha a fronteira entre ilusão e realidade” (Pitchfork) e um “caleidoscópio derretido de uma música” (The Guardian).

Os últimos anos trouxeram para Julia Holter um foco existencial na conexão humana, em meio a mudanças surpreendentes que vieram com a morte de entes queridos (incluindo seu jovem sobrinho, a quem o álbum é dedicado) e o nascimento de sua filha. Em Something in the Room She Moves, Holter processa vividamente a complexidade, a gravidade e a admiração dessa confluência de experiências. Ela chama a música de “sensual”, “fluida” e “noturna” – um testemunho de como o amor, com todos os seus desafios, “redireciona os caminhos neurais”. A arte da capa, feita pela amiga de infância de Holter, a artista Christina Quarles, destaca a multiplicidade da conexão íntima: as figuras estão se abraçando ou lutando?

O título Something in the Room She Moves surgiu espontaneamente para Holter quando ela estava nomeando o arquivo de projeto do Logic para uma demo inicial do que se tornaria a faixa-título do álbum em seu computador pela primeira vez. Coincidentemente, alguns meses depois, ela se viu hipnotizada pelo documentário de oito horas sobre os Beatles, Get Back, de 2021. Sua frase titular inverte o olhar da letra dos Beatles (“Something in the way she moves…”); a mulher não é mais observada passivamente, mas aumenta ativamente o espaço. Holter adora os Beatles desde a infância, mas vê o título menos como uma homenagem do que como uma parte semi-surreal de escrita automática de seu subconsciente. (Ela cantava músicas dos Beatles para sua filha à noite).

Depois de uma série de álbuns de dream pop que estabeleceram sua voz inquisitiva na música independente – do inovador Ekstasis, de 2012, a Loud City Song e Have You in My Wilderness – Holter lançou o extenso e emocionantemente experimental Aviary em 2018. Desde então, ela fez a trilha sonora de filmes como Never Rarely Sometimes Always, apresentou uma trilha ao vivo encomendada para The Passion of Joan of Arc com o Chorus of Opera North e colaborou com seu parceiro, o músico Tashi Wada, que toca sintetizador e gaita de foles em seu novo álbum. Something in the Room She Moves é um progresso notável na obra de Holter, sintetizando sua energia livre e improvisada com sua eloquência característica.

Julia Holter confirmou uma turnê europeia para abril, incluindo o EartH Theatre, em Londres; além disso, os fãs podem fazer a pré-encomenda de Something in the Room She Moves para ter a chance de ouvir o álbum na íntegra e em som surround Dolby Atmos em um local privado em Londres, no dia 1º de fevereiro, juntamente com uma sessão de perguntas e respostas com Julia Holter. As vagas são limitadas e os vencedores serão informados por e-mail com o RSVP. Disponível apenas para pré-encomendas no Reino Unido.

Próximos shows de Julia Holter

Domingo, 7 de abril – Variations Festival, Nantes

Terça-feira, 9 de abril – EartH Theatre, Londres

Quarta-feira, 10 de abril – Botanique Orangerie, Bruxelas

Sexta-feira, 12 de abril – Colosseum, Berlim

Sexta-feira, 3 de maio – El Rey, Los Angeles, CA

Sábado, 4 de maio – Great American Music Hall, San Francisco, CA

Segunda-feira, 6 de maio – Crocodile, Seattle, WA

Terça-feira, 7 de maio – Aladdin Theater, Portland, OR

Sexta-feira, 10 de maio – Fine Line, Minneapolis, MN

Sábado, 11 de maio – Outset, Chicago, IL

Segunda-feira, 13 de maio – Horseshoe Tavern, Toronto, ON

Terça-feira, 14 de maio – Le Belmont, Montreal, QC

15 de maio – Brighton Music Hall, Boston, MA

17 de maio – Webster Hall, New York, NY

18 de maio – First Unitarian Church, Philadelphia, PA

19 de maio – The Atlantis, Washington, DC

Terça-feira, 21 de maio – Motorco Music Hall, Durham, NC

Quarta-feira, 22 de maio – Masquerade (Purgatory), Atlanta, GA

Denunciar post

O que você achou do conteúdo?

Escrito por Gabriel Nascimento

Oie, sou o Gabe, o cérebro por trás desse universo chamado Nation POP. Sou Jornalista, especialista em Marketing e Engenheiro de Software. Minhas redes sociais estão a disposição para conexões 💜😉

Prepare-se para a ExpoLondrina 2024: de 05 a 14 de abril

Prepare-se para a ExpoLondrina 2024: de 05 a 14 de abril

Acampamento de Percy Jackson e os Olimpianos em São Paulo até 28/01 40

Acampamento de Percy Jackson e os Olimpianos em São Paulo até 28/01