in ,

33ª edição do Festival Curta Cinema começa nesta quarta-feira, 17 de abril

Da esquerda para a direita: “LYB”, “How to disappear”, “Bars & Salma in a never ending comedy” e “Dia de Preto”
Da esquerda para a direita: “LYB”, “How to disappear”, “Bars & Salma in a never ending comedy” e “Dia de Preto”

Entre os dias 17 e 24 de abril, no Estação Net Botafogo, os cariocas terão a oportunidade de assistir – com entrada gratuita – a produções inéditas brasileiras e de outros 31 países, muitas delas já consagradas em grandes festivais internacionais como Cannes, Locarno e Berlim, no 33º ano do Festival Curta Cinema. Os ingressos para as sessões nos cinemas do Estação Net Botafogo são limitados e podem ser retirados na bilheteria uma hora antes de cada sessão. As salas estão sujeitas à lotação. Toda a programação, que inclui sessões de filmes em São Paulo, no Museu da Imagem e do Som, pode ser conferida no site: curtacinema.com.br.

Consagrado como um dos mais importantes festivais internacionais de curtas-metragens da América Latina, o Curta Cinema qualifica os vencedores das mostras competitivas nacional e internacional a concorrem a uma vaga na categoria Melhor Curta-Metragem do Oscar em 2025. O festival terá sua noite de abertura nesta quarta-feira (17/04), a partir das 20h, no Estação Net Botafogo. Serão exibidos quatro curtas-metragens, entre eles dois brasileiros: “Eu fui assistente do Eduardo Coutinho” (2024), dirigido por Allan Ribeiro, “Rosa” (2023), de Pedro Murad – ambos produzidos no Rio de Janeiro -, “Um filme sobre crianças” (2024), do diretor palestino Ibrahim Handal, e “Yaya” (2024), da diretora chilena Leticia Akel Escárate. 

“A passagem do tempo poderia ser o tema central desta nova edição do Curta Cinema, afinal são 33 anos dedicados à promoção e divulgação do cinema em curta metragem. E o tempo contribuiu para a perenidade do nosso objetivo, que é apresentar ao público carioca um cinema de invenção, novas histórias e novos realizadores”, diz Ailton Franco, diretor geral do Festival Curta Cinema.

MULHERES EM FOCO – Entre os destaques deste ano, o programa especial Manifest inclui quatro filmes dirigidos e protagonizados por mulheres, uma parceria com a Embaixada da França no Brasil e a distribuidora Manifest, como “Dolce Casa” (2023) e “Princesa” (2023). A Manifest Pictures é considerada uma das principais distribuidoras de curtas-metragens da Europa e a coordenadora Anaïs Colpin será uma das juradas da Mostra Competitiva Nacional. 

VIDEOGAMES – Além deste programa, cinco filmes captados em videogames, como “How to disappear” (2024) e “Operação Jane Walk” (2024), do coletivo de artistas austríaco Total Refusal, foram selecionados para exibição. Será a primeira vez que o público brasileiro poderá imergir nesse mundo em uma única sessão.

CURTA CINEMA EM SP – Ambos programas mais o Midnight-Interzona – que mostra um panorama dos novos curtas-metragens de terror produzidos no Brasil – e o Interfilm-Berlin – que apresenta uma programação especial de filmes produzidos na Alemanha – chegarão em São Paulo, no Museu da Imagem e do Som, nos dias 26 e 27 de abril, em parceria com Embaixada da França no Brasil e o Goethe Institut Rio de Janeiro.

PREMIAÇÃO – Serão escolhidos pelo júri oficial os filmes do Grande Prêmio Curta Cinema – 33ª edição para a Mostra Competitiva Nacional e a Mostra Competitiva Internacional (que são qualificados a concorrem a uma vaga na categoria Melhor Curta-Metragem do Oscar em 2025). O júri popular elegerá o Melhor Filme do Panorama Carioca, o Melhor Filme do Panorama Latino Americano e o Melhor Filme do Panorama Primeiros Quadros Nacional. Esta edição do Curta Cinema também contará com o Prêmio Canal Brasil de Curtas. O júri, composto por jornalistas e críticos de cinema, escolhe o melhor curta brasileiro em competição, que recebe R$15 mil e é exibido na programação do canal. E o Canal Like premiará o grande vencedor da Competição Nacional com apoio de mídia e publicidade equivalente a R$50 mil. Por último, e pela primeira vez no Curta Cinema, a distribuidora Manifest escolherá um filme da competição nacional para a distribuição internacional, junto com os demais filmes do catálogo da distribuidora. Durante um ano a Manifest para a difusão em festivais internacionais e plataformas de exibição.

MASTERCLASS E LABORATÓRIO – O Festival Curta Cinema também oferece atividades paralelas, como a masterclass gratuita de direção com o cineasta, fotógrafo, artista plástico e multimídia, Arthur Omar, no dia 20 de abril (sábado), às 15h, na sala 1 do Estação Net Botafogo. O público terá a oportunidade de reencontrar o artista, que foi diretor do clássico “Triste Trópico” (1973), e conhecer mais de sua obra. Além da masterclass, será realizada a 25ª edição do Laboratório de Projetos de Curta-Metragem nos dias 18, 19 e 24 de abril, presencialmente, com pitching e seleção para premiação oficial do evento. Nesta edição, Flávia Castro, Felipe Scholl e Clementino Junior serão os consultores responsáveis pela orientação dos doze projetos de curta-metragem selecionados.

O Festival Curta Cinema tem direção geral do produtor Ailton Franco Jr. A curadoria da 33ª edição ficou a cargo de Gustavo Duarte, Karen Black, Marina Pessanha, Lucas Murari, Cristiana Giustino, Duda Leite e Carolina Alves, com a colaboração de Matheus Fortuna e sob coordenação de Paulo Roberto Jr

O Itaú Unibanco patrocina o Festival Curta Cinema – 33a edição por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. O Curta Cinema também tem o apoio da Riofilme, órgão que integra a Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, através do edital de apoio à Produção de Mostras e Festivais de Audiovisual.

Denunciar post

O que você achou do conteúdo?

Escrito por Gabriel Nascimento

Oie, sou o Gabe, o cérebro por trás desse universo chamado Nation POP. Sou Jornalista, especialista em Marketing e Engenheiro de Software. Minhas redes sociais estão a disposição para conexões 💜😉

Grupo Indígena Sabuká Kariri-Xocó e Héloa farão show na Casa Natura Musical celebrar o Dia dos Povos Indígenas 2

Grupo Indígena Sabuká Kariri-Xocó e Héloa farão show na Casa Natura Musical celebrar o Dia dos Povos Indígenas

Startup lança rede social que une tecnologia e marketing para financiar o ESG 4

Startup lança rede social que une tecnologia e marketing para financiar o ESG