in

Festa Nacional da Uva celebra 150 anos da imigração italiana em Caxias do Sul (RS)

Festa Nacional da Uva celebra 150 anos da imigração italiana em Caxias do Sul (RS)
Badin O Colono, é destaque no primeiro domingo da Festa, que começa oficialmente nesta quinta. Crédito: Divulgação

A 34ª edição da Festa Nacional da Uva dará início às comemorações dos 150 anos da chegada dos italianos à Serra Gaúcha, sendo realizada entre os dias 15 de fevereiro e 3 de março de 2024, no Parque de Eventos da Festa da Uva, em Caxias do Sul (RS). Neste ano, o evento terá como tema Caminhos e Lugares, em alusão ao desembarque dos imigrantes que povoaram a região a partir de 1875. Representando a Festa da Uva 2024, foram eleitas a Rainha Lizandra Mello Chinali e as princesas Eduarda Ruzzarin Menezes e Letícia de Carvalho. Entre as atividades do trio, está a responsabilidade de divulgar e representar a Festa pelos próximos dois anos. A Festa conta ainda com 12 embaixatrizes e uma Comissão Comunitária, formada por voluntários que trabalham pela divulgação e organização do evento.

Gastronomia, Desfiles e Shows estão entre as atrações

A Festa contará com diversas atrações, com destaque para gastronomia local, Jogos Coloniais e inúmeras atividades culturais, como os tradicionais Desfiles Cênicos, com seis exibições (nos dias 15, 17, 21, 25 e 28 de fevereiro e 2 de março) percorrendo a rua Sinimbu, no Centro da cidade, sempre às 20h. Os Desfiles são gratuitos para a comunidade, sendo necessário pagar ingresso somente para quem optar em assisti-los nas arquibancadas. Os principais shows da Festa Nacional da Uva 2024 ocorrerão no Palco Principal (Arena).

No sábado, dia 17 de fevereiro, a “Boiadeira” Ana Castela, sensação do agronejo, estará no palco principal da Festa, com sucessos como “Pipoco”, “Nosso quadro” e “Solteiro forçado”. No sábado, dia 24 de fevereiro, é a vez da Festa receber o maior DJ da atualidade: Alok. Na mesma noite, o fenômeno do trap Filipe Ret.

Para encerrar os shows nacionais, a apresentação do sábado, dia 2 de março, unirá dois grandes nomes da música brasileira. O Raça Negra traz seu pagode com mais de 40 anos de história e sucessos, como “Ciúme de você”, “Cheia de manias” e “Cigana”, entre muitos outros. Já o sertanejo da dupla Bruno & Marrone é responsável por canções como “Dormi na praça”, “Choram as rosas”, “Boate Azul” e inúmeros sucessos em quase 40 anos de carreira.

Além da Arena, com shows de Ana Castela (17/02), Alok (24/02), Filipe Ret (24/02), Bruno & Marrone e Raça Negra (02/03), haverá ainda uma estrutura completa para receber inúmeros artistas durante os 18 dias de Festa. São dois palcos no Centro de Eventos e mais um palco na Praça Dante Alighieri, na área central de Caxias do Sul, que terão atrações simultâneas. Para assistir aos espetáculos na Praça Dante, não há cobrança de ingressos. Os shows dos outros dois palcos estão inclusos no valor do ingresso pago para acessar o evento (R$ 20). Já a Arena tem preços distintos.

No primeiro final de semana, o show do Badin, O Colono promete muitas gargalhadas do público. O personagem de Eduardo Gustavo Christ tem inspiração na simplicidade e na cultura dos colonos do Sul do Brasil, e faz sucesso nos palcos e na internet. Contando o dia a dia da vida na área rural ele já soma mais de 3 bilhões de visualizações nas redes sociais. O show de Badin, O Colono, já foi assistido em 1.300 cidades, somando um público de aproximadamente 1 milhão de pessoas. Badin, O Colono, será atração do Palco 2, às 16h do primeiro domingo da Festa, dia 18 de fevereiro.

Também chama a atenção na programação a variedade de estilos dos grupos musicais que se apresentarão na Festa. Vai ter rock, pagode, choro, música instrumental, muita música folclórica italiana e gaúcha. Entre os nativistas, está o show de Espedito Abrahão e Os Campeiros, que ocorre na sexta, dia 16 de fevereiro, às 20h30, no Palco 1. Espedito lidera o conjunto Os Campeiros desde a sua fundação, em 1991. Ao longo da carreira, já lançou oito CDs e um DVD ao vivo e vem se apresentando nos principais eventos da região sul do país. No final de semana seguinte, dia 25, haverá o show de Gilney Bertussi comandando Os Bertussi.

No dia 17 de fevereiro, primeiro sábado da Festa, a marca italiana do evento ficará sob a responsabilidade do grupo Musicale Giramondo, Cavatappi e o Grupo de

Danças Schutzenhaus Tanzgruppe que se apresenta no Palco 1, a partir das 14h.

A Festa também terá um espaço lúdico dedicado especialmente aos pequenos. É o Téti na Festa da Uva. As atividades ainda incluem uma programação esportiva e shows gastronômicos como o Saguzaço, do chef Carlos Bertolazzi, Polentaço e a Uvada da Nona (uvada gigante). Além disso, uma novidade será a Vila das Cervejas, mostrando a produção local e regional da bebida. A tradicional Vila dos Distritos também é uma das atrações da Festa da Uva 2024, com a participação dos moradores apresentando sua cultura, costumes, gastronomia e artesanato.

Espaço para expositores

Além de ser um local de lazer e diversão, a Festa Nacional da Uva movimenta a economia regional, com as feiras agroindustrial e multissetorial. A Festa contará com aproximadamente 400 expositores, que apresentarão seus produtos e serviços ao público durante a programação.

O Centro de Eventos terá novidades na forma de Exposição de Uvas, que vai simular um parreiral. Haverá ainda a Mostra de Uvas premiadas de Caxias do Sul. No mesmo local, ocorrerá a mostra de produtos de empresas patrocinadoras e também de expositores premium. No local, estará também a Praça das Cidades, com representantes de 19 municípios da região. 

No Pavilhão 1, o Espaço Tendenza, destinado às marcas da serra e direcionado à exposição de representantes do design. O Pavilhão 1 ainda englobará a agroindústria familiar, vinícolas e gastronomia. No Pavilhão 2, haverá a Vila dos Distritos, com representantes das comunidades do interior, além de expositores de artesanato, um amplo espaço para o setores de inovação, exposição de automóveis, de cervejas artesanais e a Feira Multissetorial. 

Gastronomia 

Um dos principais atrativos da 34ª edição da Festa Nacional da Uva é sua relação com a gastronomia. Entre as diversas atividades que estarão disponíveis para os visitantes de 15 de fevereiro a 3 de março, está a realização do Saguzaço, do Polentaço e da Uvada da Nona, sempre aos sábados. Essas serão oportunidades para a comunidade provar alguns dos pratos mais típicos da região, degustando os resultados gastronômicos gratuitamente.

Para iniciar os eventos, no dia 17, será a vez do Saguzaço. Operado pelo chef Carlos Bertolazzi, a função de criar uma quantidade jamais antes feita do sagu, uma das sobremesas mais populares da tradição italiana no Brasil, será dividida entre estudantes da Escola de Gastronomia da Universidade de Caxias do Sul (UCS). A expectativa é de servir uma tonelada de sagu aos presentes.

O final de semana seguinte, no dia 24 de fevereiro, contará com o Polentaço, trazendo um grande exemplar da mais típica e reconhecida refeição da região, que será realizado em parceria com a prefeitura de Rio do Oeste (SC), com uma equipe responsável por preparar cerca de 800 kg de polenta.

Para encerrar a ação, no dia 2 de março, a Uvada da Nona será a atração, com um tacho com capacidade para 200 quilos de chimia de uva disponível, preparada por Pricila Zanol, rainha da Festa da Uva 2022, e Luisa Pegoraro.

“Além de resgatarem pratos afetivos da nossa região, esses eventos prometem despertar a curiosidade dos visitantes. Afinal, são quantidades enormes sendo produzidas ao vivo, diante do público. Serão eventos festivos, alegres e certamente muito divertidos. Como tem que ser a nossa Festa”, ressalta Carla Pezzi, diretora executiva do evento.  

De acordo com Josiane Camazzola, integrante da Comissão Comunitária do evento e nutricionista responsável pela segurança alimentar das operações da Festa da Uva, o mais importante é proporcionar uma gastronomia variada, com produtos diversificados para todos os gostos e bolsos. “Ainda haverá opções como crepe, churros e entrevero, por exemplo, mas tivemos a preocupação de levar a gastronomia local aos visitantes, com uma curadoria muito mais voltada aos produtos regionais e à cultura italiana”, aponta. A nutricionista também reforça que todas as operações gastronômicas realizadas na Festa da Uva são validadas pela Vigilância Sanitária, demonstrando seriedade e responsabilidade na alimentação servida.

Outras atrações gastronômicas 

A Festa da Uva 2024 contará com outras três grandes operações âncoras dentre as atrações gastronômicas, com destaque especial na Praça de Alimentação. Um deles é a Piccola Città, que contará com pizza de fermentação natural e tábuas de frios de produtos de agroindústrias regionais, além da presença de produtos da Doce Docê e da Galeteria Alvorada, com galeto al primo canto, massa e polenta frita. Em parceria com a Passo do Vinho, rota turística oficial da região, dez grandes vinícolas estarão presentes com a venda de vinho a granel. O espaço será decorado em referência a pequenas cidades da Itália, remetendo aos antepassados. 

No coração da Praça de Alimentação, estará o Piccolo Mangiar, composto por dois restaurantes de São Paulo capitaneados pelo chef Bertolazzi: O Best Burger, com hambúrgueres gourmet, e o Zena, com a receita do premiado Gnocchi Zena. 

Já próximo ao Palco 2, ficará o Piccolo Merendin, onde estarão disponíveis delícias do legítimo café da colônia. A responsável é Dona Jurema, trazendo receitas tradicionais de cuca de uva, sonho com recheio de creme de uva, grostoli e o famoso pastel de fortaia, entre outras opções. O objetivo é remeter à memória afetiva dos fartos cafés realizados antigamente embaixo dos parreirais, uma pausa do trabalho de coleta de uvas.

Na área dedicada às réplicas, haverá a possibilidade de realizar piqueniques no gramado em frente à estrutura do Espetáculo Som e Luz.

Participação da comunidade

A Festa Nacional da Uva é um evento realizado a muitas mãos, reunindo a comunidade da região. O prefeito de Caxias do Sul, Adiló Didomenico, salienta que esse envolvimento reforçará o potencial do evento. “Queremos desenvolver o sentimento de pertencimento das pessoas em relação à Festa. Essa promete ser uma das maiores festas da história, até pela vontade que as pessoas têm de se encontrar, de conviver. Nós queremos que toda a comunidade se envolva, porque a Festa é nossa, é do povo”, pontua.

Para o presidente da Festa da Uva, Fernando Bertotto, a participação da comunidade é um dos aspectos mais importantes do evento. “Somos um povo acolhedor, temos gastronomia farta, belíssimos lugares e grandes histórias. A festa é comunitária, feita com muito entusiasmo, arte e cultura. Fica nosso convite para celebrar esse evento que une tradição, inovação, paixão e muita história, com toda a alegria contagiante que envolve sua realização”, destaca.

“Mérica”: a música tema desta edição

A música oficial da Festa Nacional da Uva 2024 é “Mérica”, do músico Éder Bergozza. A música foi selecionada após um criterioso processo de análise, por meio de um concurso promovido pela Comissão Organizadora em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de Caxias do Sul.

Com inspiração no tema da Festa, Caminhos e Lugares, o compositor também contou com a ligação com a história da Festa da Uva é forte, pois seus bisavós vieram da Itália e, até hoje, parte da família pratica o cultivo da uva, como seus antepassados. “Tentei contar de uma forma leve, um pouco poética, sobre o caminho que essas pessoas fizeram até chegar aqui, em busca da prosperidade e de uma vida melhor. A “Mérica” era o sonho e a oportunidade de fazer com que tudo isso se tornasse realidade”, aponta Bergozza. A interpretação é dos músicos caxienses Rafael Gubert e Tita Sachet.

Desfiles Cênicos 

Com o lema “Cuccagna: ndove se sogna, se magna e se fà festa!”, a Festa Nacional da Uva traz os Desfiles Cênicos para sua edição de 2024. Em seis oportunidades, entre os dias 15 de fevereiro e 2 de março, a tradicional atividade tomará conta do Centro de Caxias do Sul (RS), sempre a partir das 20h.

Serão cerca de 1.300 pessoas participando dessa ação, sendo 1200 figurantes. Participam 51 grupos artísticos, 9 distritos e mais de 100 pessoas na produção executiva, reunindo poder público, empresas e profissionais das áreas. O Desfile Cênico contará com 14 alegorias, entre carros alegóricos e alegorias móveis, que já estão sendo confeccionados, nos espaços dos artistas envolvidos e também na Maesa. Durante os Desfiles, se manterá o costume de distribuição de cachos de uva ao público.

Neste ano, uma das novidades será a trilha sonora original que conduzirá todo o cortejo. Composta pelo músico Éder Bergozza, concretizará a narrativa sonora e poética das cenas, proporcionando aos presentes os sons da alegria que habitam o imaginário onírico da Festa da Uva com riqueza de detalhes musicais.

O corso alegórico se estenderá pela rua Sinimbu, entre as ruas Alfredo Chaves e Dr. Montaury, com concentração a partir da rua Vereador Mário Pezzi, sendo sempre precedidos pelo pré-desfile, que tem início às 19h e conta com a participação de Randoncorp, Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) e Sociedade Caxiense de Automóveis Antigos (SCAA), entre outros, além da execução da música-tema desse ano, “Mérica”, de Éder Bergozza, com interpretação dos cantores Rafa Gubert e Tita Sachet. 

De acordo com Cristina Nora Calcagnotto, diretora de Cultura e de Desfiles e secretária de Cultura de Caxias do Sul, a intenção é apresentar um Desfile interativo, festivo e lúdico, trazendo uma maior associação da cena com o público. “A ideia é aproximar o público, tanto turista quanto o local, da nossa cultura, de uma forma orgânica. O abraço, o aperto de mão e o olho no olho são ações que movem o nosso novo conceito para essa edição”, afirma. A inspiração para as criações que serão apresentadas no decorrer do corso alegórico reside no tema de 2024, Caminhos e Lugares, que vêm nos sonhos dos migrantes há cerca de quase 150 anos, no Rio Grande do Sul, que imaginaram uma realidade fantástica como fuga da fome e das incertezas que a travessia impõem.

Para assistir aos Desfiles, o público pode contar com o conforto das arquibancadas disponíveis, com ingressos no valor de R$ 40 (inteira) ou R$ 20 (meia-entrada) por pessoa, que devem ser adquiridos pelo site da Festa da Uva. Também é possível prestigiar os eventos de forma gratuita, ao longo da rua Sinimbu, onde a organização aponta que podem ser levados bancos ou cadeiras de praia para melhor acomodação.

O Desfile Cênico da Festa Nacional da Uva 2024 tem o financiamento da Lei Federal de Incentivo à Cultura. A produção é da AM9 Produções. A realização é da Secretaria Municipal da Cultura de Caxias do Sul e do Ministério da Cultura. 

Detalhes sobre os Desfiles Cênicos

Datas:

15 de fevereiro (quinta-feira)

17 de fevereiro (sábado)

21 de fevereiro (quarta-feira)

25 de fevereiro (domingo)

28 de fevereiro (quarta-feira)

2 de março (sábado)

Horário: 20h

Onde: Rua Sinimbu, entre a rua Alfredo Chaves e a rua Dr. Montaury, Centro, Caxias do Sul 

*Duas datas estão reservadas para o caso de chuva em dias programados dos Desfiles: 23 de fevereiro (sexta-feira) e 3 de março (domingo). Esse último será usado para repor o Desfile do dia 2 de março, se chover.

Atrações pensadas especialmente para o público infantil: O Téti na Festa da Uva 

Pela primeira vez na história, a Festa da Uva contará com uma área destinada exclusivamente aos pequenos. Isso porque o Téti (Festival de Arte e Cultura para a Infância) estará presente no evento, proporcionando uma programação exclusiva, divertida e gratuita a crianças de 0 a 12 anos de idade. 

Apresentações, oficinas e diversas atividades artísticas esperam meninos e meninas no Pavilhão 2. O Espaço Téti será parada obrigatória para jogos, brincadeiras e contação de histórias, tudo de forma lúdica, criativa e interativa. As ações iniciam em 16 de fevereiro e seguem até 3 de março. 

Entre as atrações confirmadas, está o Grupo Musical Tiquequê. Com fãs por todo o Brasil e milhares de seguidores nas redes sociais, a dupla Diana Tatit e Wen vão apresentar um espetáculo infantil que une teatro, música, dança, história e cantigas. Intitulada “Todo Dia”, a performance ocorrerá em 3 de março, às 17h. 

Integração regional: Praça das Cidades 

Outra grande atração da 34ª Festa Nacional da Uva será a Praça das Cidades. No total, 19 municípios da região (incluindo a novidade Arroio do Sal) compartilharão com o público um pouco de sua cultura e informações sobre os seus atrativos turísticos. Além do município litorâneo, também integram o espaço as cidades de Farroupilha, Encantado, Jaquirana, Cambará do Sul, São Francisco de Paula, Nova Petrópolis, Antônio Prado, Nova Roma, São Marcos, Veranópolis, André da Rocha, Cotiporã, Fagundes Varela, Nova Bassano, Nova Prata, Protásio Alves, Vila Flores e Vista Alegre do Prata.

A diretora de Integração Regional da Festa e vice-prefeita de Caxias do Sul, Paula Ioris, ressalta que o objetivo de reunir os municípios na Praça da Cidades é reconhecer a importância de cada um para a existência do evento, considerado um dos maiores do país. “A Festa da Uva nasceu regional. Ela foi uma iniciativa não apenas da nossa cidade, mas de 10 municípios que, juntos, idealizaram o evento. Portanto, quando pensamos em convidar as cidades da região, na edição passada, já era nosso desejo convidar essas dez cidades, assim como outros municípios-chave que integram a região metropolitana da Serra. Ao todo, visitamos 27 cidades para levar o convite”, afirma. 

Localizado no Centro de Eventos, o espaço será aberto para visitação ao público durante os 18 dias da Festa. De acordo com a organização, enquanto algumas cidades contarão com um stand próprio, outras cidades optaram por unir-se em um único espaço. A atração também contará com um espaço denominado “Pracinha”, que permitirá que cada cidade ocupe o local para a apresentações de música e coral, exposição de produtos, divulgação da história e características do município, entre outras atividades.

Memórias da Caxias de antigamente: Vila dos Distritos 

A tradicional Vila dos Distritos também estará presente no Parque de Eventos. O espaço, de aproximadamente mil m², reúne representantes das localidades caxienses de Criúva, Fazenda Souza, Santa Lúcia do Piaí, Vila Cristina, Vila Oliva e Vila Seca, além das regiões administrativas de Ana Rech, Desvio Rizzo, Forqueta e Galópolis.

Além das casinhas com produtos e artesanatos de cada um desses locais, também estará o Bodegão. Com um grande balcão, lembrando aqueles que antigamente eram – e alguns ainda resistem – encontrados das comunidades, serão comercializadas delícias da culinária típica italiana, como pão feito na hora em um grande fogão a lenha, entre outros produtos coloniais, como salame, queijo e uvada, e muito mais. 

Essa edição da Vila dos Distritos tem como coordenador geral Sandro Camargo, subprefeito de Vila Seca. Ele aponta que, ainda no fogão campeiro, será feita polenta brustolada com salame e queijo, um sucesso em sua comunidade. “A Vila é, realmente, o coração da Festa da Uva, centralizando muitas atividades típicas e tradicionais, sendo uma grande homenagem às nossas colônias”, observa.

Outra novidade são pipas de madeira servindo vinho e suco de uva, direto de suas torneiras, aos visitantes. Além das atrações gastronômicas, também estará à disposição um palco aberto no centro da Vila dos Distritos, onde artistas da região poderão se apresentar livremente.

Competições e muita diversão: Jogos Coloniais 

Os Jogos Coloniais também são verdadeiros sinônimos de Festa da Uva! As animadas disputas têm movimentado diversas comunidades de Caxias do Sul desde janeiro e entram em sua reta final na primeira semana do evento. Ao todo, são 13 modalidades: fazer bigoli (massa), debulhar milho, corrida de trator, amassar uva, mini 48 (bochinha), arremesso de queijo, corrida de cariola, toma que é de uva (prova inédita que consiste em tomar 300 ml de suco de uva no menor tempo possível), jogo da panòcia (debulhar milho), carreto de cucagna, chute na mastela (infantil), corrida de saco (infantil) e mais uma prova surpresa.

As próximas etapas ocorrerão em Vila Cristina (17 de fevereiro), Desvio Rizzo (18 de fevereiro), Ana Rech (25 de fevereiro), Vila Seca (25 de fevereiro) Paralimpíada (em data a definir, no Enxutão) e a grande final, a ser realizada na rua Sinimbu, em frente à Catedral, no dia 3 de março. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas com antecedência pelos telefones (54) 99183-8166 e (54) 3207-1133, ou diretamente nos locais das provas. 

Os Jogos Coloniais têm patrocínio de Sicredi Pioneira, Orquídea Alimentos, Sorvelândia, Café Bom Jesus e Super Andreazza, além do apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel) e da Agrimar.

Valorização dos talentos locais: Espetáculo Som & Luz

De volta nesta edição do evento, o Espetáculo Som & Luz apresenta uma nova leitura, idealizada por Guilherme Montanari e que ganhará vida com a direção artística de Zica Stockmans e o talento de artistas circenses, bailarinos e músicos locais. Intitulada “Oblívio”, a versão repaginada contará com 11 apresentações, sempre às 20h, nos Jardins das Réplicas da Caxias do Sul de 1885, no Parque de Eventos.

A estreia será na sexta-feira, 16 de fevereiro, apenas para convidados. Após, a comunidade poderá prestigiar o espetáculo nos dias 18, 19, 20, 22, 23, 24, 26, 27 e 29 de fevereiro e 1º de março. 

Os ingressos custam a partir de R$ 5 e podem ser adquiridos no Sesc Caxias do Sul (rua Moreira César, 2462), no site www.sesc-rs.com.br/espetaculosculturais ou antes das apresentações, na bilheteria dos Jardins das Réplicas. 

Envolvimento comunitário: “Tirando o Pó – A Memória da História”

Promovido pelo Sindilojas Caxias do Sul em parceria com a Festa Nacional da Uva, o concurso “Tirando o Pó – A Memória da História” completa 30 anos em 2024, e retorna ao evento após um hiato de 16 anos. O seu principal objetivo é envolver os proprietários de estabelecimentos comerciais ao espírito da Festa, promovendo o envolvimento comunitário.

A iniciativa convida o público a decorar os estabelecimentos a partir do tema da Festa. Neste ano, Caminhos e Lugares. Também é necessário elaborar vitrines ou recantos com focos centrais nos hábitos, costumes, crenças, modos de vida, habitação e lazer dos imigrantes que colonizaram a Serra Gaúcha há 150 anos.

Os vencedores do concurso serão divulgados pelas redes sociais dos idealizadores e um evento será realizado no Museu do Comércio. Os prêmios são cortesias para acesso ao Parque de Eventos durante a Festa da Uva, sendo que o primeiro lugar ganha mil ingressos, o segundo lugar leva 500 ingressos e o terceiro, 200 ingressos. Apoiam a iniciativa a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Caxias do Sul (CDL), a Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC), o Sindicato da Gastronomia e Hotelaria da Região Uva e Vinho (Segh) e o Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Caxias do Sul (Sindigêneros). 

Sobre os ingressos 

Os ingressos para prestigiar a Festa custarão R$ 20 de terça-feira a domingo, e serão gratuitos nas segundas-feiras. 

Os Desfiles podem ser vistos de forma gratuita nas calçadas, mas para acessar as arquibancadas é preciso comprar ingresso. Os ingressos para as arquibancadas custam R$ 40. 

Para os shows nacionais, os ingressos custam a partir de R$ 90 e são vendidos exclusivamente pelo site da Festa da Uva. A arena de shows está dividida em setores que trarão diferentes experiências ao público. O setor On Stage é composto pelo pátio e espaço open bar e open food; o Camarote conta com pátio, além de espaço coletivo e box; as seções Ouro, Prata e Bronze com mesas bistrô; a Área Vip – Copo Cheio; a Arena; o Espaço PcD, ao lado do palco, e o setor reservado a convidados dos patrocinadores.  

Pessoas com deficiência (PcDs) têm entrada gratuita garantida na Festa da Uva e nos shows, com espaço especial junto ao Pátio do setor Camarote Coletivo para acompanhar os shows de seus artistas preferidos. Os acompanhantes pagam o valor do ingresso referente ao Espaço Arena. O acesso dos PcDs se dará pelo Camarote Coletivo ou pelo Portão 4, mediante apresentação do ingresso do acompanhante.

Denunciar post

O que você achou do conteúdo?

Escrito por Gabriel Nascimento

Oie, sou o Gabe, o cérebro por trás desse universo chamado Nation POP. Sou Jornalista, especialista em Marketing e Engenheiro de Software. Minhas redes sociais estão a disposição para conexões 💜😉

Marina Sena arrasa em primeiro carnaval ao lado de Ivete Sangalo! 2

Marina Sena arrasa em primeiro carnaval ao lado de Ivete Sangalo!

Influencer gera polêmica na web ao ensinar posições a três com "marido e o melhor amigo dele" 4

Influencer gera polêmica na web ao ensinar posições a três com “marido e o melhor amigo dele”